30/01/2020 - 16:00

 

Tricolor foi derrotado para o confiança por 1 a 0 nesta terça-feira, 28, no Estádio Etelvino Mendonça, às 20h15min. O gol foi de pênalti, marcado aos 9 minutos por Renan Gorne.

Ao término do jogo, jogadores e membros da comissão técnica do Tremendão reclamaram da atuação do árbitro Claudio Francisco Lima e Silva. O técnico Ferreira foi um dos que se queixou das decisões tomadas pela arbitragem na partida.

“O Claudio brincou de apitar, brincou de errar o tempo todo e foi só contra o Itabaiana. Teve pênalti para o Itabaiana, dois, aliás, e ele não marcou, houve algumas faltas para a gente e ele não marcou, ele deu cartões para a gente. A gente teve o comando do jogo o tempo todo mas o Claudio amarrava o tempo todo, segurava. Na hora que era falta nossa ele invertia, marcou pênalti contra a gente sem ser, teve pênalti para o Itabaiana e ele não marcou, desse jeito é complicado”, desabafou Ferreira.

O próximo jogo do Tremendão da Serra é na próxima quarta, 05, às 20h15min, contra o Freipaulistano, no Estádio Titão, em Frei Paulo. Vencendo, o Tricolor segue na luta pela classificação para a próxima fase.

 

Ferreira se queixa de muitos erros de arbitragem no clássico contra o Confiança ( Foto: Wendell Rezende)

 

Com informações: Globo Esporte Sergipe